Pular para o conteúdo principal

Fusões e Aquisições

Fusões e Aquisições ou M&A (Mergers and Acquisitions) são processos de compra e venda de participação societária em empresas. Esses processos podem ser feitos tanto por pessoas físicas quanto pessoas jurídicas.

É um erro acreditar que este tipo de operação se restrinja às grandes empresas, cujas transações envolvem volumes vultosos de dinheiro, ou que se apliquem apenas em cenários onde a grande empresa adquire a pequena.

Pequenas e médias empresas também usam fusões e aquisições como estratégia de crescimento, obtenção de tecnologia e consolidação de mercados.

Tipos mais comuns de compradores/investidores de empresas:

Investidor estratégico

Atua no mesmo segmento ou segmento sinérgico ao da empresa que pretende adquirir.

Este investidor normalmente quer expandir os negócios adquirindo a carteira de clientes, novos produtos e segredos industriais, eliminando assim um concorrente.

Investidor financeiro

Normalmente atua em sociedade anônimas de capital aberto ou fechado, e visa o lucro a longo prazo. Tem pouca ou nenhuma afinidade com a atividade empresarial, importando-se apenas com a relação riscoXretorno para seu capital.

Quais e como são feitas essas operações?

Fusão

Neste tipo de operação duas ou mais empresas se unem e passam a formar uma nova sociedade geralmente através da permuta de ações.

Exemplo: Itaú e Unibanco.

Aquisição

Nesta operação o comprador adquire a total ou parcialmente  ações/cotas de uma empresa. Os antigos donos tornam-se sócios – atuantes ou não – e deixam de serem os únicos a terem papel primordial no negócio.

Exemplo: Microsoft e Linkedin.

Incorporação

Um ou mais empresas são absorvidas por outras. A empresa incorporada deixa de existir.

Exemplo: Santander e Banco Real.

Cisão

É quando uma empresa de divide se tornando duas ou mais. Neste caso a empresa que iniciou o processo continua operando no mercado ou pode deixar de existir.

Exemplo: Sonyericson e Sony Mobile

Joint Venture

Nesta operação se cria uma nova empresa mas as operações dos sócios são mantidas de forma individual. As obrigações dos sócios são regidas por um contrato com direitos e deveres.

Exemplo: Shell e Cosan criaram a Raizem.

Quando e como fazer?

Se sua empresa está considerando ou foi procurada  para participar de uma operação de M&A se faz necessária uma análise minuciosa da situação atual das empresas envolvidas e posterior avaliação de risco. Também é preciso criar cenários alternativos, de forma a permitir uma análise abrangente dos riscos e dos benefícios que o M&A trará para a corporação.

A Smart Consultoria pode analisar e proporcionar segurança à transação. Entre em contato e teremos prazer em ajudar.

 

Fernando da Smart
Olá!